Erros que podem matar sua orquídea

Olá, tudo bem? Depois do nosso texto sobre orquídeas, vim ajudar você a cuidar da sua orquídea. E vou começar falando o que você definitivamente não pode fazer.

O erro mais comum de quem tem orquídeas em casa é deixa-las no vaso de plástico em que elas normalmente veem. “Ah, se ela veio aí, deve estar tudo bem”, é o que a maioria pensa. 

Mas não é bem assim. Os vasos de plástico deixam que a água fique acumulada dentro do vaso, o que pode fazer com que as raízes apodreçam. O ideal é colocar sua linda planta em um vaso de barro, já que ele é poroso e a água consegue escorrer.

Outro erro bem comum é quanto ao tamanho do vaso. Muitas vezes vemos uma orquídea e as suas raízes estão até para fora do vaso (por cima mesmo), um pouco salientes. Saiba que o ideal é que as raízes da sua planta fiquem no mínimo 2 dedos para baixo do vaso. Isso fará com que as orquídeas tenham espaço para crescer e se desenvolver. Mas, antes de sair correndo para trocar sua orquídea de vaso, é melhor dar uma checada se ela não tem novos brotos, ou seja, se não tem nenhuma florzinha nova ou até mesmo raminho crescendo. Quando o broto está nascendo e trocamos a orquídea de vaso, podemos mata-lo. 

E por último gostaria de dar uma dica. Sim, por que isso nem pode ser considerado um erro, é mais uma dica mesmo para você saber se está cuidando bem da sua orquídea. Anote em uma plaquinha o nome da espécie da orquídea e também qual foi a ultima vez que ela deu flores. 

Assim você tem um parâmetro se está cuidando bem dela ou não. Orquídeas que demoram muito para dar flores pode ser um bom indicador de que algo está faltando (nutrientes, água ou luz).

E você, já sabia desses cuidados com as orquídeas? Quais desses erros você cometia?

Comente, vou adorar te ouvir e ajudar.